terça-feira, 27 de julho de 2010

Um Sorriso Tímido


Ela era daquelas garotas quietas, que não fala muito na sala de aula, senta na frente, presta atenção na aula do professor, faz os deveres (mas mesmo assim tem dificuldades em matemática), não se mistura com a bagunça, tem suas 2 amigas (que sentam do seu lado). Ela era discreta, simpática, bonita, inteligente. Bom, nunca fui muito próxima dela, mas ela sempre sentava do meu lado. Ela tinha problemas com a matemática, e eu entendia da matemática. Ela sabia que eu podia ajuda-la com a matéria, mas ela nunca pediu. Uma amiga dela que veio me perguntar se eu podia fazer o trabalho de matemática com ela, para melhorar a nota dela. E eu disse que poderia sim, claro! Com o maior prazer. E me virei para ela e sorri. E ela só me agradeceu com aquele sorriso tímido. Éramos pessoas totalmente diferentes na sala de aula. Aparentemente não tínhamos coisas em comum. Mas eu nunca me aproximei dela o suficiente para ter certeza disso. E hoje, sabendo que ela nunca mais voltará à sala de aula eu me arrependo desse pré-julgamento. Hoje eu pediria a Deus pelo menos mais um dia de aula, para conhece-la melhor. Sinto que perdi uma amiga que não fiz questão de conhecer. Mas na minha lembrança ela será sempre lembrada com aquele sorriso tímido.

terça-feira, 13 de julho de 2010

Dê valor


ela não pediu para isso acontecer
ela só queria viver
tinha liberdade e não queria se prender
ela só queria viver

mas você apareceu!
já estava ali a tanto tempo, porque só naquela hora aconteceu?
ela só queria recuperar a liberdade que perdeu
mas você apareceu!

chegou e estacionou naquele lugar
e tudo que ela podia fazer era esperar
aguardar essa nova história começar
e tudo o que ela fez foi esperar

ela já sabia até o que aconteceria
se preparou, e esperou por esse dia
e quando surgisse a oportunidade que queria
já estaria preparada para o que aconteceria

então você pediu e ela aceitou
a partir dai NADA MAIS RIMOU
na hora tudo foi perfeito
mas tudo o que é bom dura pouco

depois ela começou a pagar o preço
a ver que o seu plano desandava
ela já não se via mais no controle da situação
todo seu esforço foi desperdiçado

mentiras não a ajudariam mais
ela resolveu te contar a verdade
era sua ultima esperança
e você a fez acreditar que valeu a pena

confiou, e esperou por você
ela não gosta de depender de alguém
quer resolver tudo por conta própria
mas não teve jeito, ela teve que te esperar

não aconteceu naquele dia, nem no outro
ela foi ficando frustrada
quis desistir, mas você não permitiu
você confundiu a cabeça dela

ela não aguentou e foi embora
assim que ela virou as costas para você
ela só parou de chorar quando o sono chegou
mas antes ela jurou te esquecer

mas você confundiu a cabeça dela de novo
como você faz isso? Não foi a 1ª nem a 2ª vez
e ela já desmotivada resolveu deixar por sua conta
parece que agora você aprendeu!

por favor
não a faça se arrepender
dê valor aos sentimentos dela
sua janela ainda está aberta

Deus está na minha vida


Você ama a Deus? Você acredita nele? Você fala dele? Você fala com ele? Agradece à Ele por existir e por dar essa consciência à você? Você sente a presença dele? Você o busca na igreja? Ou você já foi como eu, que ia para a igreja obrigado, ou porque tinha um garoto bonito (e mais velho) que frequentava a igreja também?! Eu assumo que já fiz isso, e não tenho vergonha por que sei que se a minha mãe não tivesse me obrigado, se aquele garoto fosse como eu e não gostasse de ir a igreja, Deus nunca abriria os meus olhos para ver os erros que eu estava cometendo e me mostraria o caminho certo a seguir. Eu nunca esquecerei do dia em que adorei a Deus pela primeira vez, o momento em que ele tocou no meu coração, e eu abri as portas para ama-lo. Naquele momento, quando eu tive consciência do que estava acontecendo em mim, eu chorei. Foi a 1ªvez que chorei por amor. E com o tempo, aos pouco Deus foi ganhando seu merecido espaço na minha vida; Eu pude entender o que eu fazia na igreja; Eu pude ter o prazer de fazer uma oração de coração, e não de repetir palavras decoradas por costume; Eu pude ver as coisas se realizando na minha vida e dizer que foi graças a Deus; Eu perdi a vergonha de rezar perto de alguém, de falar de Deus para amigos que não eram da igreja. Depois que eu comecei a amar a Deus, as coisas na minha vida fizeram sentido. Eu me sinto muito privilegiada por conseguir enxergar a mão de Deus na minha vida, por ter consciência do seu imenso amor por mim, e por ser uma pessoa ativa dentro da igreja. Por servir à Deus. Por passar o fim de semana na igreja. Por ele ter me abençoado com uma voz maravilhosa para poder cantar, e por ter me dado coragem de cantar todo o domingo, na frente de toda uma igreja. De poder participar da missa levando as palavras de Deus de um modo diferente à aquelas pessoas que estão ali para se sentirem mais perto de Deus. Agradeço por poder assistir a duas missas, e por todo domingo sentir de novo o Senhor tocando no meu coração, e por chorar por amor (porque para mim chorar por amor é uma das melhores sensações que se pode sentir). Eu agradeço pelo Senhor ter tocado no meu coração agora, para que eu conseguisse escrever esse texto dizendo o quanto eu o amo. Obrigado Senhor!

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Cronica, Veias, Irmão, Blog e Mensagem

Na maioria das vezes eu escrevo em forma de versos, mas depois que eu descobri o que é cronica, não quero mas saber de outra coisa. Mas eu não vim escrever sobre minha paixão repentina pela cronica.Vim falar de um outro sentimento. E não por uma forma literária, mas sim por uma pessoa.

Eu ainda não tinha parado para pensar no que está acontecendo. E agora, enquanto estou escrevendo é que estou pensando. Nesse momento estou feliz. Meu coração bate forte e ligeiro. E de vez enquanto me vem um frio no estômago que resulta em leves arrepios. Estou sorrindo de orelha à orelha. Estou sentindo algo diferente correndo pelas minhas veias, e não é álcool, pois quando eu bebo sinto algo estranho circulando pelo meu corpo. Mas é algo diferente, não sei o que é. E agora que mencionei veias e circulação eu lembrei mais ainda dele. Na verdade quando eu estudo biologia eu lembro dele; Quando eu vejo alguém vestido totalmente de branco eu lembro dele; Quando eu falo com meu irmão eu lembro dele. Engraçado é que eu não sou acostumada a chamar meu irmão pelo nome. Mas agora eu vivo chamando! Eu falo: Lucas! E ele responde: O que que é? Eu digo que não é nada! é uma coisa muito idiota, eu sei.
Mas agora que eu parei para analisar, e que me dei conta do que está acontecendo. A alguns minutos atrás eu estava olhando o blog dele. Eu entrei no orkut dele por esses dias e lá estava o link. Eu só deixei para olhar hoje, porque queria ver com calma. Eu pensei que teriam bastante coisas para ver, mas tem exatamente o mesmo numero de postagens que eu (ou pelo menos tinha, porque com essa agora são quatro). Mas enquanto eu estava lendo senti uma felicidade tão grande por ler o que ele escreveu, saber o que ele pensou. Era como se ele estivesse ali para matar aquela saudade de muitas semanas. Mas eu consumi aqueles textos como a saudade me consome. E percebi que o computador já perdia a sua graça. Vim para o meu quarto, olhei o meu celular e tinha uma mensagem dele (mensagem de celular sempre foi uma coisa trivial para mim. Mas alguma coisa me fez mudar de ideia no ultimo mês). E resolvi escrever sobre isso e colocar no meu blog! Por que não? 

terça-feira, 6 de julho de 2010

Tudo o que ela é


Olha! Ela sabe que é bonita! Quando ela nega isso, só quer se fazer de modesta.

Tome cuidado! Ela joga muito confiante. Principalmente quando não são os sentimentos dela que estão em jogo. E ela ganha na maioria das vezes.

Mas quando ela entra no jogo e percebe que são dos seus sentimentos de que se trata, ela 'troca' os pés pelas mãos, e perde!

Antigamente ela era sempre derrotada nesse jogo. Mas a melhor forma de se aprender à ganhar, é perdendo! Áh sim. Ela aprendeu! Aprendeu à jogar sujo.

Ela não tem princípios. Não tem sonhos. Ela não espera nada do futuro. É vazia!

Ela mente olhando dentro dos seus olhos!

Ela atua quando precisa despertar uma certa emoção nas pessoas.

Ela sabe ser simpática, doce; Sabe imprecionar e ganhar admiração.

Ela finge para conseguir o que precisa para vencer.

Ela usa os sentimentos das pessoas quando ela enfraquece e precisa deles.

É disso que ela se alimenta! Dos sentimentos alheios.

Porque ela ja não sabe destiguir quando seus sentimentos são forjados ou verdadeiros!

Ela é como um vampiro que se alimenta do sangue de outras pessoas, porque é incapaz de produzir seu proprio sangue. Porque seu coração secou, parou de bater. Agora ele é frio!

E ela tem conciência disso. Mas finge que não sabe. Esse é seu maior pecado!

Ela ja fez muita gente sofrer. E sofre o mesmo sofrimento que ela causa às pessoas.

Ela não é normal! Ela é louca!

Ela fala sozinha; Ela tem medo do nada; Ela tem dupla personalidade.

Ela não sabe responder perguntas sobre o que ela nunca parou para pensar.

Ela não pensa na vida. Não está nem ai para a origem ou sentido dela.

Sentido é uma palavra que não faz sentido para ela.

Ela faz as coisas sem pensar. E se confunde!

Como eu ja disse: ela é duas pessoas!

Não literalmente. Uma pessoa é o que ela deveria ser; o que naturalmente seria.

E a outra é o que ela aprendeu à ser com os erros e o sofrimento.

Eu pesso! Por favor, não sinta pena dela!

Nem a odeie, ou fique triste por ela!

Porque eu acredito que ela vá se salvar!

Eu confio no amor que existe esquecido nela.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Para um Anjo


Na maioria das vezes, as pessoas que você conhece ao longo da vida, com o tempo e a distância você acaba esquecendo. Mas ainda sim existem aquelas poucas pessoas que marcam e ficam para sempre. E para mim ele é uma delas. Meu anjo! Ele conquistou um lugar especial na minha vida. Esquecê-lo é algo impossível, agora e sempre. Te amo!
"...E todas as milhas que nos separam, elas desaparecem agora que estou sonhando com o seu rosto..."
João, você foi uma das melhores pessoas que eu ja conheci. Não posso deixar de me gabar pela sorte que tive de ter te encontrado, e no lugar onde te encontrei( em um jogo de MMORPG).


Eu só quero que você pense em mim antes de dormir

Eu só quero saber que te faço sorrir

Eu só quero fazer seu coração bater forte quando a minha voz ouvir

Eu só quero ter certeza que esse amor que me faz sentir tudo isso,

Também te faz sentir.
Bianca Gobbi Monteiro